Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região

Central de Conciliação atinge 70% de acordos judiciais

A Central de Conciliação da Justiça Federal no Ceará encerrou, no último dia 9 de novembro, a XIII Semana Nacional da Conciliação, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As audiências de conciliação ocorreram de maneira simultânea, conciliando processos referentes a matérias habitacionais e comerciais envolvendo a Caixa Econômica Federal (CEF), alcançando, inclusive, as unidades no interior do Estado, por videoconferência, como as Subseções de Juazeiro do Norte e Crateús. Em um clima de tranquilidade e de forma bastante exitosa, a Central atingiu o índice de 70% de acordos, perfazendo um total arrecadado na ordem de R$ 700.376,98.

Muito do êxito do evento deve-se à iniciativa da Caixa Econômica Federal com a Campanha Quita Fácil, que se estende até o final deste mês. Segundo Bruno Queiroz, coordenador jurídico da CEF, “a Caixa entende que essa oportunidade de conciliação com o mutuário é de grande relevância porque resolve seu problema e também garante à Caixa a resolução de pendências, evitando o ajuizamento de uma ação bem como resolve processos já ajuizados, pondo fim àquele litígio. Trata-se de uma iniciativa louvável da Justiça Federal, que nos auxilia a garantir o direito à moradia das pessoas e também nos ajuda a resolver o problema de dívidas que não puderam ser pagas e que, agora, estão sendo quitadas em condições melhores".


Embora oficialmente concluída, a Justiça Federal no Ceará prorrogou a Semana Nacional da Conciliação até o dia 23 de novembro, agora, envolvendo exclusivamente processos referentes à matéria comercial em tramitação nas Subseções de Limoeiro do Norte, Tauá, Sobral, Iguatu, Quixadá e Itapipoca.

   

Em Fortaleza também estão previstas, para o intervalo de 19 a 23 de novembro, audiências para conciliações específicas entre o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (CREA-CE) e os profissionais a ele vinculados. 

Top